Polícia Civil investiga caso de injúria racial durante reunião da Câmara Municipal de Guapé

Escrito por em 04/08/2022

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar um possível crime de injúria racial dito por um vereador de Guapé contra a presidente da Câmara Municipal. O vereador Thiago Sávio Câmara respondeu à vereadora Elizabete Florêncio com os dizeres: “Esse discursinho de preta. A senhora não gosta de branco? Qual é o seu problema contra o branco?”

A vereadora foi interrompida pela fala do vereador enquanto tinha o direito de usar a Tribuna. Ela afirma que essa não é a primeira vez que esse tipo de comentário acontecesse enquanto ela fala na Câmara.

Em entrevista ao canal EPTV, o vereador Thiago Sávio Câmara diz que sua fala foi tirada de contexto. “O fenótipo da gente não quer dizer absolutamente nada ao nosso respeito. A régua que uso para medir pessoas, é a mesma que uso para melhorar meu comportamento”, disse o vereador.

A vereadora e presidente da Câmara registrou um Boletim de Ocorrência em desfavor do vereador. Sendo assim, o inquérito policial foi instaurado e o caso vai ser investigado como injúria racial. O vereador, que agora é investigado por injúria racial, possui três pedidos de cassação, todos por quebra de decoro parlamentar.

A Câmara de vereadores informou que vai se reunir para analisar possíveis providências cabíveis sobre o caso.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]