Municípios atingidos pelo rompimento de barragens em Brumadinho recebem máquinas para manutenção de estradas

Escrito por em 28/06/2022

São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, recebeu um caminhão-pipa, no valor aproximado de R$ 487 mil, na manhã desta segunda-feira (27/6), como parte das ações de reparação socioeconômica pelo rompimento das barragens em Brumadinho. Assim, já são 18 municípios contemplados com pelo menos uma máquina para recuperação sustentável de estradas rurais. Ao longo de 2022, serão entregues 75 veículos para 25 cidades da bacia do Rio Paraopeba, três para cada.

As entregas fazem parte do projeto “Manutenção de estradas rurais e trabalhos de recuperação ambiental”, do anexo I.3 do Termo de Reparação com a Vale. São compromitentes do acordo o Governo de Minas Gerais, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o Ministério Público Federal (MPF), a Defensoria Pública de Minas Gerais e a mineradora Vale.

A secretária de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag), Luísa Barreto, solidarizou-se com as vítimas da tragédia e reafirmou o compromisso dos órgãos públicos em mitigar os prejuízos causados nas cidades atingidas.

“A entrega desses maquinários irá contribuir com a melhoria das estradas, com o aprimoramento da mobilidade e da economia local. Sabemos que as perdas provocadas pelo rompimento das barragens são irreparáveis, mas o Governo de Minas, como compromitente do Termo de Reparação, está trabalhando com muito empenho para reparar os danos socioeconômicos e socioambientais”, explicou.

Balanço

Felixlândia, na região Central de Minas, foi a primeira localidade a receber os três equipamentos aos quais tem direito, durante este mês de junho. Outras três prefeituras foram contempladas com dois maquinários cada – Abaeté, Betim e Esmeraldas. E mais 13, além de São Joaquim de Bicas, com as primeiras entregas: Caetanópolis, Curvelo, Florestal, Fortuna de Minas, Igarapé, Juatuba, Mário Campos, Mateus Leme, Morada Nova de Minas, Paineiras, Paraopeba, Pequi e Pompéu.

Até o momento, 23 máquinas foram entregues, número correspondente a 30% do total. São elas: 11 motoniveladoras (custo individual de R$ 975 mil), cinco pá-carregadeiras (R$ 622 mil cada), dois caminhões-caçamba (R$ 658,5 mil e R$ 495,9 mil), duas retroescavadeiras (R$ 412 mil por maquinário), um caminhão-basculante (R$ 438 mil), um caminhão-carroça (aproximadamente R$ 250 mil) e o caminhão-pipa transferido nesta segunda-feira, no valor de R$ 487 mil.

Estão na lista de futuros recebedores Biquinhas, Maravilhas, Papagaios, Pará de Minas, São Gonçalo do Abaeté, São José de Varginha e Três Marias. A previsão é a de que o primeiro veículo de Biquinhas seja concedido à prefeitura ainda nesta semana.

Os equipamentos são escolhidos pelos gestores municipais, conforme as necessidades dos respectivos municípios. Já as transferências, pelos fornecedores, obedecem à disponibilidade desses insumos no mercado.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]