MPMG oferece atendimento psicológico gratuito para vítimas de violência doméstica

Escrito por em 27/09/2022

Nesta segunda-feira (26), a Ouvidoria das Mulheres do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) vai estar em um novo endereço, na Rua dos Timbiras, 2928. O novo endereço traz outras novidades: um plantão com psicólogo gratuito que vai estar à disposição das mulheres vítimas de violência sem necessidade de agendamento.

A Ouvidoria das Mulheres, instituída em agosto de 2021, também conta com novos canais de atendimento às mulheres, como WhatsApp, telefone fixo e e-mail e um formulário on-line que está disponível na página do MPMG.

A ouvidora do MPMG, promotora de Justiça, Nádia Estela Ferreira Mateus, explicou que a Ouvidoria das Mulheres foi criada por meio de uma recomendação do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Ainda segundo a promotora de Justiça, a ouvidoria é um canal especializado que oferece uma acolhida e escuta qualificada, além do devido encaminhamento às autoridades competentes de demandas relacionadas à violência doméstica, familiar e de gênero contra as mulheres.

“A Ouvidoria das mulheres do MPMG possui canais específicos de atendimento realizados por uma psicóloga por meio do formulário disponibilizado na página da ouvidoria. Entendemos que não basta o MPMG fiscalizar o público externo e combater somente a violência externa, tendo uma sessão voltada para o público interno, quando o autor é membro, servidor ou terceirizado do MPMG”, explica a ouvidora do MPMG e promotora de Justiça, Nádia Estela Ferreira Mateus.

O canal on-line também apresenta diversos materiais, disponíveis para download, sobre violência política contra a mulher, como combatê-la e preveni-la e orientações sobre como agir em situações urgentes, como e onde pedir medida protetiva, contatos dos órgãos competentes e seus horários de atendimento.

“O diferencial no serviço prestado pelo MPMG é que quando a mulher está sofrendo uma violência doméstica ou familiar, a mesma pode se dirigir à ouvidoria e ela será atendida por uma psicóloga. Essa profissional vai ter todo um cuidado, uma escuta com essa vítima para que ela tenha condições de tomar as providências devidas”, ressalta a promotora de Justiça.

Canais de atendimento às mulheres vítimas de violência
As denúncias podem ser feitas pelo WhatsApp, no número (31) 97336-1135, de segunda a sexta, das 8h às 16h30; pelo telefone (31) 3330-8377, também de segunda a sexta, das 8h às 18h; no email: ouvidoriadasmulheres@mpmg.mp.br e ainda pelo canal on-line por meio do link: https://aplicacao.mpmg.mp.br/ouvidoria/indexMulher.jsp


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]