Missa celebra os 90 anos de São Vicente de Paulo em Passos

Escrito por em 24/11/2022

A Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) encerrou neste mês as comemorações dos 90 anos de assistência moral, espiritual que leva ao amor a Deus e ao próximo, incluindo o amparo aos desvalidos com alimentos e assistências nas áreas sociais. A data coincidiu com a fundação da Conferência Senhor Bom Jesus dos Passos, a primeira no município e uma missa foi celebrada na igreja Matriz, com a participação de dirigentes, funcionários, vicentinos, confrades e colaboradores da instituição.

A celebração também lembrou a fundação da sociedade no Brasil e sua fundação em Paris (França) por um grupo de seis jovens universitários católicos e um senhor mais idoso. “Jamais poderia passar em branco a data, porque há 90 anos a entidade filantrópica está sempre com dificuldade financeira para manter seus compromissos, mas, mesmo assim, jamais deixar de beneficiar as pessoas pobres da nossa cidade, mesmo desde a primeira conferência vicentina até as 15 que estão atuantes hoje em Passos”, ressaltou Arlan Bueno Pedro, de 57 anos, presidente do Lar São Vicente de Paulo.

Segundo a SSVP, desde janeiro, quando as comemorações tiveram início, até o dia 11 de novembro, foram celebradas missas em oito paróquias de Passos: São Benedito, Nossa Senhora de Fátima, Nossa senhora das Graças, São Judas Tadeu, São José, São Luís Maria de Grignion Montfort, Nossa Senhora da Penha e Nossa senhora Aparecida.

HIERARQUIA
O primeiro presidente da conferência pioneira no município, que mais tarde se tornou a SSVP, foi o major José Bento da Fonseca. Hoje em Passos, existem 15 assembleias vicentinas ativas distribuídas por todos os bairros e subordinadas aos conselhos particulares Imaculada Conceição e Senhor Bom Jesus, presididos por Paulo Pimenta Antunes e Ana Maria dos Reis Ribeiro, respectivamente, responsáveis por acompanhar as conferências vinculadas e oferecendo suporte administrativo, em geral.

Os dois conselhos de Passos, através da escola de capacitação Antônio Frederico Ozanam, fundador da entidade, oferecem cursos de formação básica, secretariado, tesouraria, dentre outros. Ambos estão vinculados ao Conselho Central presidido por Januário Paulino Gomes e que, por sua vez, gerencia os lares dos idosos, conferências e conselhos particulares de Alpinópolis, São João Batista do Glória, Itaú de Minas, Jacuí, São Sebastião do Paraíso, São Tomás de Aquino, Capetinga, Cássia, Pratápolis e Delfinópolis.

As conferências São Benedito, Nossa Senhora Aparecida, Santa Rita, Nossa Senhora do Rosário, Sagrado Coração de Jesus, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e São José Operário são vinculadas ao Conselho Particular Senhor dos Passos, enquanto que as de Nossa Senhora da Penha, São Francisco, Santo Antônio, São José, Nossa senhora das graças, São Judas Tadeu e São Luís Montfort estão sujeitadas ao Conselho Imaculada Conceição. Todas recebem doações dos benfeitores, alimentos arrecadados pelas igrejas e campanhas realizadas em frente aos supermercados.

Na hierarquia administrativa da Sociedade, as assembleias são vinculadas os conselhos particulares, com mais a ‘Obra Unida – Lar dos Idosos’ que administra o plano Bompasso, Funerária São Vicente, o cemitério municipal e o Senhor Bom Jesus dos Passos, além do arrendamento do Hotel Class, que são subordinados ao Conselho Central, o órgão superior da entidade, onde trabalham dois funcionários remunerados.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]