Creches e Cemeis têm 1.047 solicitações de vagas em Passos

Escrito por em 07/06/2022

Faltam vagas para crianças de 0 a 3 anos em unidades de educação infantil em Passos. De acordo com ofício encaminhado ao Legislativo, em resposta a um requerimento do vereador Francisco Sena, a Secretaria Municipal de Educação informa que atende a 1.187 alunos de 0 a 3 anos nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cemei) e creches. Na espera por vagas nas instituições há 1.047 solicitações, mas uma mesma criança pode constar na lista em mais de uma unidade.

Ontem, o vereador usou a tribuna da Câmara para falar sobre a situação.

“Eu tenho recebido várias reclamações de pais que buscam colocar os seus filhos nas creches e Cemeis e não estão conseguindo essas vagas. Por esse motivo, fiz o requerimento cobrando o prefeito, e fiquei assustado com a grande deficit de vagas de crianças de 0 a 3 anos. Muitas mães precisam trabalhar fora, não tem com quem deixar os seus filhos e estão pedindo demissão de seus empregos ou não podem aceitar propostas de empregos. Eu sugeri hoje (ontem) na tribuna uma audiência pública para debatermos sobre o assunto. O Executivo precisa solucionar este grave problema com urgência e já fazer um planejamento para aumentar essas vagas para o segundo semestre”, desabafou Francisco Sena.

A angústia de quem precisa trabalhar e não tem com quem deixar seus filhos em segurança é difícil. A analista administrativa Patrícia Aparecida Silva é um caso típico. Com dois bebês, um de 9 meses e um de 2 anos, ela demorou três meses para arrumar uma vaga e assim poder trabalhar tranquila. Moradora do bairro Jardim Planalto, conseguiu duas vagas na Cohab 2, longe de casa, mesmo assim porque a “moça se compadeceu”.

“Um dia os meninos ficavam com os familiares, cheguei a deixar num hotelzinho, mas meu salário não dá para bancar, foi quando, depois de três meses indo a todas as creches, todos os dias úteis, eu consegui”, disse aliviada.

Segundo a resposta ao requerimento, para o próximo ano a SME (Secretaria Municipal de Educação) programa dois novos Cemei’s, um na região da Penha e outra na região do Santa Luzia. As necessidades foram verificadas por meio de Cadastro Escolar e das listas de espera ´pós-cadasro, onde o número de crianças é maior que em outros bairros. Além disso, já estão publicadas as ampliações da Cemei Professora Maria de Lourdes Vasconcelos Moura/Tutuka e do Cemei Professora Maria Helena Vieira Lemos mais, ampliando a rede, construção de anexo à área do Tutuka, que passará a ser Cemei em 2022/2023.

De acordo com a secretária Municipal de Educação, Rosa Beraldo, a construção de um Cemei custa em média de R$ 2 a R$ 3 milhões. Cada Cemei exige uma diretora e uma vice, porteiro, pedagoga, oficial administrativo para a secretaria, 1 professor eventual, 1 professor para a biblioteca, 2 professores para cada turma, 1 serviçal para cada 50 crianças. Dentre outros profissionais eventuais, como encanador, pedreiro e reparos na estrutura.

Questionada sobre os critérios para conseguir uma vaga, Beraldo aponta o contexto social e famílias em vulnerabilidade.

“Seguimos os preceitos de que todos têm que ter Educação, mas, pelo nosso contexto social, damos prioridade ao criar os critérios às famílias em condição de vulnerabilidade, baixa renda e também as que trabalham e não têm com quem deixar os filhos”.

O SME utiliza o Cadastro Escolar como norteador para a admissão (matrícula) das crianças nas Cemeis. O mecanismo permite critérios para o direito à vaga, uma vez que não há vagas suficientes para todos os que desejam estudar. A abertura de novas vagas também é norteada pelo Cadastro Escolar.

A secretária aconselha os pais a fazer o cadastro na data certa e dentro dos critérios.

“Estamos trabalhando com um olhar especial não só para a meta estabelecida para crianças de 0 a 3 anos, mas com o coração voltado para a nossa população carente. Vamos cuidar das crianças para não ter que punir os adultos”.

Fonte: Folha da Manhã


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]